terça-feira, 29 de maio de 2012

Todo Homem Tem o Seu Preço

Tem gente que se vende por pouco, muito pouco...
Uma noite, uma promoção, uma mentira, uns trocados, uma viagem, alguns minutos de prazer, uma bebida, uma droga, um furto, um prato de comida, um autógrafo, uma fotografia, um vídeo, uma declaração, qualquer coisa.
Hoje as pessoas valem pelo que tem, por isso, não querem ser.
Ninguém se importa com a boa moral e os bons costumes, isso é coisa do passado.
Palavra então?! O que vale?
Compromisso?! Com o que?
O que vale é a satisfação pessoal promovida a qualquer custo.
Geralmente estas pessoas são comuns. Frustradas com o seu potencial ou com o que acham que são capazes.
Preferem se vender, tornando-se mais um.
Pessoas honestas e verdadeiras estão em extinção.
É lamentável a constatação.
Queria que elas soubessem que o maior preço já foi pago por Jesus, e que elas não precisam se garantir ao homem, pois Jesus já fez isso ao mundo todo.
Provou que somos amados, importantes, individualmente especiais, ainda que as circunstâncias mostrem o contrário.
Na verdade, o inferno se levanta para propagar que somos inúteis, mas o céu se mantem de pé dizendo que somos filhos de Deus, e como filhos, eleitos para receber toda herança espiritual e física que de graça Deus nos dá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog