quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Um Deus Surpreendente:

"O que ninguém nunca viu nem ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, foi isso o que Deus preparou para aqueles que o amam." (1 Coríntios, 2:9)

Acredito que você já tenha lido ou ouvido centenas de explanações a respeito desse texto, no entanto, quero lhe convidar a meditar noutra perspectiva.
Todos nós temos promessas do Pai, nas quais especulamos uma forma natural em que vá se cumprir.
Entretanto, Deus é um ser sobrenatural, e age da forma que lhe apraz.
Sabe quando a gente fica contestando a maneira de Deus agir?!
Pois é, todos nós somos tentados a isso por não entender a forma de trabalhar do Pai.
Passamos horas, dias, semanas, às vezes até mais que isso, conjecturando como Deus desenvolverá os acontecimentos para que se cumpra Sua palavra.
Erramos não pelo fato de imaginarmos, mas na forma de limitarmos o Seu agir.
Pior... erramos mais ainda por duvidar da ação do Pai em algumas circunstâncias pelas quais Ele escolheu usar um caminho totalmente fora do normal do nosso, por sair da nossa expectativa ou de usar meios fora do comum.
É aí que entra este versículo...
Nenhuma mente humana, mais ousada que seja ou mais cheia de sabedoria, poderá entender o coração de Deus.
Jamais entenderemos todos os Seus caminhos, ou conseguiremos explicar suas formas de agir.
Ele é insondável em sua natureza e nenhum homem jamais penetrou em seu coração e nunca conseguirá.
Não há poder em nós para discernirmos seus propósitos, a não ser quando ele mesmos nos revela.
Então por que ficar formamos tantos conceitos, preceitos ou pré-conceitos a respeito do Seu agir, se Ele é exclusivamente perfeito em Seu operar?!
Saiba que não importa a forma que Ele use para lhe abençoar, o importante é que Ele cumpre a Sua palavra como Pai e, conhece nosso interior a ponto de nos abençoar diferencialmente do nosso irmão, mostrando-nos Seu amor individual e irrestrito.
Sua bênção será de acordo com a sua necessidade e não do seu querer, lembre-se disso.

domingo, 26 de setembro de 2010

Exalando Deus...

"Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo..." (2 Coríntios, 2:15)

Quem não gosta de um bom perfume?!
O perfume é algo muito marcante nas pessoas.
Podemos recordar de um momento, lembrar de uma pessoa, ou até mesmo saber se alguém conhecido está por perto apenas pelo cheiro do perfume.
A palavra de Deus diz que nós somos o bom perfume de Cristo. Isto quer dizer que, exalamos Deus onde vamos, ou pelo menos deveríamos exalar...
O interessante disso é analisarmos alguns aspectos de um perfume. Por exemplo:
Perfume é algo pessoal, cada um gosta de uma fragrância diferente e acaba se tornando conhecida por ela. Assim também nós possuimos diferentes formas de exalar Deus em nossas vidas, através dos dons e ministérios que possuimos, podemos  marcar a nossa identidade, assim como os perfumes possuem nomes característicos.
Outra coisa importante no perfume, é usá-lo na dose certa. Uma pessoa que usa pouco perfume, pode passar desapercebida pelos demais, no entanto, abusando da fragrância, pode se tornar insuportável a presença. Assim também, devemos dosar a forma que usamos a nossa fragrância pessoal, tornando-nos pessoas atraentes e desejadas ao mundo.
Vou exemplificar:
Se exalamos pouco aroma em nossa vida, podemos ser taxados de alguém que não liga de estar cheiroso, é como um vendedor de perfume que exala perfume algum. Sua loja acabará não tendo clientes, pois pensarão: " Se não é capaz de deixá-lo cheiroso, por que eu compraria seu produto?"
Outra coisa é a pessoa que toma banho de perfume. Seu cheiro é sentido a distância, no entanto, ninguém aguenta ficar perto por um pouco mais de tempo. É como aquele cristão que só fala de Deus, de igreja, de bíblia, não possui outros assuntos e se torna pedante. Seu cheiro se torna insuportável, mesmos sendo o melhor perfume que existe.
Apesar de possuirmos em nossas vidas o bom perfume, é preciso sabermos usar na dose certa, causando impacto na chegada e saudade na despedida. Aguçando o olfato de quem se aproxima e trazendo o interesse daqueles que nos rodeiam de estar também exalando um bom perfume.
Você já se perfumou hoje?

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Fé Descomplicada:

Como assunto é polêmico, vasto e que precisa de muita cautela pra não escandalizar a alguns, prefiro falar disso através de um  exemplo, que mostra claramente o que importa pra Deus.
A partir daí,  reflita naquilo que instituições tem imposto à sua fé, afirmando ser o melhor meio de servir ao Pai e decida a favor da simplicidade, assim como cristo fez.
"Um bispo viajava de navio para visitar uma igreja do outro lado do oceano. No meio do percurso, o navio atracou em uma ilha durante um dia. O bispo saiu para um passeio  na praia. encontrou três pescadores consertando suas redes.
Curioso a respeito do comércio de pesca, fez-lhes algumas perguntas. Curiosos a respeito de seus trajes sacerdotais, eles também lhe fizeram algumas perguntas. Ao descobrirem que o bispo era um líder cristão, pularam de alegria: "Nós cristãos!" disseram apontando orgulhosos um para o outro.
o bispo impressionou-se com a atitude dos pescadores, mas demonstrou uma certa cautela.
- Conhecem a oração do Pai nosso?
Responderam que nunca a tinham ouvido.
- Então o que vocês dizem quando oram?
- Oramos assim: "Nós somos três. Vós sois três, tende misericórdia de nós."
Atônito diante da simplicidade da oração, o bispo lhes disse:
- Isso só não basta.
Resolveu, então,  passar o dia ensinando-lhes a oração do Pai  nosso. Os pescadores eram homens simples, mas dispostos a aprender. E antes do bispo seguir viagem no dia seguinte, já sabiam recitar a oração sem errar.
O bispo sentiu-se orgulhoso.
Na viagem de volta, o navio aproximou-se da ilha. Ao avistá-la de longe, o bispo dirigiu-se ao convés. lembrou-se com satisfação dos pescadores e pensou em visitá-los. Enquanto pensava, viu uma luz no horizonte perto da ilha. Parecia aproximar-se cada vez mais. Enquanto o bispo olhava espantado para aquela luz, os três pescadores começaram a caminhar dentro d'água em sua direção. Em breve todos os passageiros e a tripulação se aglomeraram no convés para ver a luz.
ao chegarem a uma distância razoável do navio, os pescadores gritaram:
- Bispo, viemos correndo para nos encontrar com o senhor.
- O que desejam? - indagou o bispo, atordoado.
- Estamos muito aborrecidos. Esquecemos parte daquela linda oração. Sabemos só dizer: "Pai nosso que estás no céu, santificado seja o teu nome..." e esquecemos o resto. Por favor, gostarímos que o senhor nos ensinasse a oração novamente.
O bispo recebeu uma lição de humildade.
- Voltem para suas casas, meus amigos, e quando orarem digam: "Nós somos três, vós sois três, tende misericórdia de nós."

sábado, 11 de setembro de 2010

O que é Murmurar?

Fico apavorada em ouvir tantas heresias no meio cristão.
Quer ver só uma?
Estou passando por uma tribulação, e parece que ela nunca vai acabar.
Neste momento, eu sinto minhas forças esmorecendo, a incredulidade assaltando meu coração e o medo avança em minha mente.
De repente, olho pro céu e digo?
 - "Acorda Senhor, você está dormindo?
Por que se escondes de mim, esqueceste do meu sofrimento?"
Aí vem um mais santo que Jesus, olha pra mim e diz:
- Misericórdia, irmão! Murmurar é pecado.
Mal sabe ele que só repeti o que Davi clamou no Salmo, 35.
E olha que ele foi conhecido como o homem segundo o coração de Deus...
E se eu não posso reclamar com Deus dos  meus sofrimentos, por que Jeremias escreveu um livro só disso? (Lamentações)
E por que Jesus clamou na hora de sua morte: "Eloí, Eloí, Lama Sabactami" ?
Murmurar não é isso, meu irmão.
Você tem sim o direito de expor pro Pai a sua dor e reclamar dos seus sofrimentos.
Ele não tem problema alguma em ver seu filho chorar.
Murmurar é falar baixinho uma critica; é resmungar o que não temos coragem de falar em voz alta; é quando você afirma com sua boca e nega com o seu coração; é a pessoa abaixar a cabeça pra uma autoridade, mas interiormente levantar-se contra ela.
Quer um exemplo lindo de confronto onde vemos a resposta imediata de Deus de forma afirmativa?
Em Êxodo, 33  - Deus manda que Moisés prossiga o seu caminho com o povo pelo deserto e ordena a um anjo que lhes acompanhe e lhes dê a vitória que precisam. No entanto, Moisés responde a Deus:
"Não quero o Seu poder, nem um anjo em Seu lugar, quero a Tua presença comigo ou então não irei."
Que rebeldia, que blasfêmia, que falta de temor a Deus... (alguém poderia levantar)
Entretando, a atitude de Deus a seguir, mostra sua admiração pela coragem e "petulância" de Seu filho, e como resposta volta atrás com Sua palavra e continua acompanhando o Seu povo.
Pecados assim, seriam dignos de críticas para alguns cristãos, mas para Deus é apenas um apelo à Sua misericórdia.
Não se intimide pelas circunstâncias, olhe para o céu e grite, chame a atenção do Pai e clame pela resposta.
Talvez Ele só esteja esperando isso para lhe abençoar.

"Pregamos melhor o que precisamos aprender"...

Quer conhecer uma pessoa?
Preste atenção em seu discurso...
Ontem estava assistindo um filme sobre a vida de Lutero, e ao ouvir a frase acima citada, fiquei pensando e analisando a verdade embutida em cada palavra, e cheguei a uma conclusão: é a mais pura verdade.
Outra frase que já ouvi e que completa este raciocínio é a seguinte:
"A mente humana aprende e assimila apenas pela repetição."
Parece que não tem nada a ver com o que estou falando, mas preste atenção:
Geralmente quando somos tentados a alguma coisa, ficamos repetindo pra nós mesmos: você não pode, você não pode, você não pode... até que nosso corpo resista a algo que queira, mas que nossa consciência sabe ser errado.
Muitos pastores se apegam a uma teoria, discurso ou tema, e se aprofundam nele até se tornarem ex-per, e serem  conhecidos por desenvolver aquela fala.
Geralmente, este discurso é muito mais pra elas, a fim de inibi-los a alguma ato ou de trazer algum tipo de afirmação de que elas precisam pra sobreviver.
Vou dar um exemplo:
- Uma pessoa que só prega a justiça de Deus, na verdade tem muito medo dela e quer que outras pessoas sintam com ela a culpa.
- Aquela  que se arrisca pregar a prosperidade como prova da bênção de Deus, é porque na verdade ainda não acredita na graça e no cuidado do Senhor pra sua vida, e acha que passar tribulação nesta terra é prova de "declínio espiritual", quando na verdade, nesta teoria, ela busca para si uma resposta a sua idolatria, o Deus Mamon.
É claro que toda regra tem sua excessão, no entanto, toda vez que você ouvir uma pregação, preste muita atenção no que está sendo falado, confirme na Palavra de Deus o que foi dito e só receba do Senhor aquilo que realmente Ele esteja falando.
Somente somos capazes de detectar uma heresia ou palavra carnal, quando de fato conhecemos a fundo a Palavra de Deus.

sábado, 4 de setembro de 2010

Síndrome de Nabucodosor:

"Levantei os olhos aos céus, e percebi que o meu entendimento tinha voltado. Então louvei o Altíssimo; honrei e glorifiquei aquele que vive para sempre. O Seu domínio é eterno e o Seu reino dura de geração em geração. Todos os povos da terra são como nada diante Dele, pois age como Lhe agrada, com os exércitos dos céus e com os habitantes da terra. Ninguém é capaz de resistir à Sua mão ou dizer-lhe: "O que fizeste?" (Daniel, 4:34 e 35)

Muitas vezes passamos por momentos em nossas vidas semelhantes a que o rei da Babilônia teria passado.
Talvez não literalmente, mas semelhante na forma do agir e tratar de Deus em nós.
Às vezes somos avisados sobre o futuro e a respeito do caminho que devemos escolher, inda assim, preferimos optar por aquilo que queremos, e por consequência somos levados a viver de forma irracional, sofrendo humilhações que poderiam ter sido evitadas se tivéssemos ouvido a Deus.
Graças a Ele, esta sentença tem um fim pré-estabelecido.
No caso de Nabucodonosor, durou 7 anos. Mas poderia ter durado menos se ele tivesse reconhecido seus pecados e se humilhado diante do Pai, assim como o próprio Deus havia sugerido.
Quem sabe nossa restituição, milagre, vitória, benção, ou o que você tem aguardado da parte de Deus, não esteja apenas esperando uma sujeição da sua parte?!
Uma quebra de arrogância, de orgulho, de prepotência, do eu...
Uma postura diferenciada da que você tem levado até hoje?!
Não permita que sua carne submeta o seu corpo a viver de forma irracional por mais tempo.
Não retenha o favor do Pai em sua vida.
Não retarde sua benção.
Ofereça-se ao Senhor como sacrifício vivo diante do Seu altar e submeta-se a Sua vontade. Sabendo que Ele sempre tem o melhor a nos oferecer e, que desde início já o tinha preparado.
Receba-o...

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog