segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Quem não chora com suas tristezas, não merece sorrir com as suas alegrias.

Não foi à toa que ficou registrado na bíblia que Jesus chorou.
Não precisávamos saber disso, Deus poderia ocultar este detalhe de nós.
No entanto, o que Ele deseja nos ensinar com esta passagem, é que mais vale alguém lamentando a nossa dor, que sorrindo com nossas conquistas.
Um abraço apertado, uma palavra engasgada, um
simples olhar, pode falar mais alto que mil palavras de conselhos, ou revelar quem de fato é um amigo.
Deus é assim...
Às vezes calado, sem pronunciar uma palavra, responde a todas as nossas interrogações e levanta o nosso ânimo a fim continuarmos a jornada.
Ele sabe o final, conhece o milagre, o futuro está na Sua mão e nada O pode surpreender...
Mas Ele está ali... sentindo cada dor, angústia, aflição da nossa alma, como se o problema fosse Dele.
Aquilo que pensamos hoje, Ele já antevia antes mesmo de nascermos, e não interferiu.
Deixou que escolhêssemos nossos caminhos, e ainda tendo um melhor para nós, livrou-nos dos perigos dos nossos, e continuou ao nosso lado. Mas o Dele está lá, aguardando-nos.
De fato, Ele prefere que a nossa escolha seja ao Seu lado, mas não nos impede de querermos andar sozinhos, e nem nos ama menos por isto.
Sabendo que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, as provações existem para nos revelar o Seu poder e nos garantir novas oportunidades. A sua está diante de uma pedra. Remova-a e Jesus fará o resto.

sábado, 15 de setembro de 2012

Rotina

Escolhi ser mulher, esposa, dona de casa, mãe...
Há quem diga que não faço nada.
Nem posso reclamar de cansaço que logo ouço: "De que?"
Acham que só quem trabalha fora, tem o direito de se queixar da falta de tempo, de estar cansada e dos deveres incessantes do dia a dia.
Mas não é mole a minha função.

Cuidar da casa, roupa, comida, filha, marido, tarefas pessoais e alguns robs financiados, fazem-me desdobrar em ânimo e criatividade.
É claro que não estou reclamando...
É algo que adoro fazer.
Tenho prazer em deixar minha casa aconchegante e de estar no meu cantinho particular. Aliás, é o meu lugar predileto, e só saio daqui quando realmente é necessário.
Nisto tudo, ainda decidi aprimorar meus conhecimentos e achei um tempinho pra estudar.
E como é bom conhecer pessoas como Marcia Calazan e Monique Frutuoso , e ainda dividir experiências com Vilma Souza... a gente aprende muito mais dividindo e somando experiências que só nós, mulheres, desfrutamos.

Vamos Fazer uma Faxina?!

Mulher não pode andar com roupa manchada, com furinhos, larga, suja, apertada, gasta demais pelo tempo...
Sei que estas são as melhores roupas pra ficar em casa. Mas imagine seu marido chegando cansado, com a visão turva de tanta mulher bonita, arrumada e cheirosa do trabalho, que mexeu com ele na rua e que insiste em o assediar... chegar em casa e dá de cara com uma mulher também cansada, com o típico coque no cabelo, unhas por fazer e ainda vestindo este tipo de roupa?! Ele vai querer sair novamente.
Aproveita hoje, que é sexta-feira, e dê uma faxina no seu guarda-roupa.
-> Tire tudo aquilo que os kilinhos a fez perder e que, você guarda pra usar, depois que animar fazer aquela dieta;
-> As manchadas, remendadas, com furinhos, desbotadas;
-> Separe aquelas peças que você já cansou de usar na rua, e coloque na gaveta de roupas para usar em casa;
-> Calcinhas, sutiãs em estado de clemência?! Nem pense duas vezes, lixo.

Dê uma olhada agora para suas unhas e vê o que pode melhorar.
Se não dá pra ir numa cabeleireira, compre um tonalizante e passe em casa, ou coloque uma máscara para hidratar.
Dê uma dormidinha a tarde, ou faça algo que a deixe relaxada e com cara de descansada.
Espere-o hoje arrumadinha, cheirosa e veja se a faxina deu certo.

Depois me conta, ta?!






quinta-feira, 13 de setembro de 2012

terça-feira, 11 de setembro de 2012

segunda-feira, 10 de setembro de 2012


Filhos deveriam vir com manual de instrução.



Deveria explicar como cada reação é produzida para podermos configurar no botão certo, qual deveria ser a melhor imagem (aparência), 

volume (a altura de voz conosco), 
o tamanho da sua tela (auto estima), 
cor (temperamento), 
brilho (personalidade),
 contraste (caráter), 
e também poder tirar aqueles ruídos (mal criações) 
e chuviscos (mau comportamento), logo da primeira vez.
É certo que uma antena (a vida) ajuda muito.
Melhora a imagem, amplia os canais, traz novas opções.

Mas é uma opção contraditória, pois trás consigo canais (companhias), que podem ensiná-los a fazer coisas que até então, eram-lhes desconhecidas.

Nenhuma análise que eu fizer usando qualquer tipo de comparação, jamais ajudará a alguém a entender esta função tão complexa de ser mãe.
Apesar de ter a certeza que esta é a maior dádiva que Deus pode nos dar, e também a maior responsabilidade, pois estamos formando pessoas que regerão este planeta em futuras gerações.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

sábado, 1 de setembro de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

sábado, 18 de agosto de 2012

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog