terça-feira, 20 de setembro de 2011

Mudança de Hábito

"- O seu nome não será mais Jacó. Você lutou com Deus e com os homens e venceu; por isso o seu nome será Israel." (Gênesis, 32:28)

Há um tempo atrás houve uma programação na igreja com este tema: Tudo muda quando você muda.
Outro dia escrevi a respeito de ter uma segunda chance e mesmo assim cometer os mesmos erros.
Na verdade, percebo que as pessoas são como são, porque não querem mudar.
Mudar é 'sinônimo' de renúncia, arrependimento, humilhação, submissão e perseverança.
Ao nos relacionarmos com alguém, sempre esperamos que a outra pessoa mude em algum ponto, mas nunca nos sujeitamos a mudar uma virgula.
O texto acima fala de uma pessoa que decidiu mudar.
Jacó era conhecido pelas suas trapaças, mentiras e fugas.
Sempre conseguia o que queria, mas nunca se sujeitava às consequências de seus atos.
Na verdade, tudo o que ele mais buscou em sua vida, já lhe seria dado por cumprimento de uma promessa feita por Deus à sua mãe. Mas ele não quis esperar o tempo de Deus, e lutou com seu próprio braço conquistando tudo aquilo.
Porém, apesar da coragem em persistir em seus objetivos, não era corajoso o suficiente para enfrentar o que lhe sobrevinha por consequências de seus atos. E toda vez que algo lhe escapava do controle, ele fugia.
Num determinado ponto de sua vida,  percebeu que fugir seria uma sina cansativa e sem fim, e decidiu mudar a sua trajetória de vida.
Em sua sabedoria, percebeu que não podia fazer isso sozinho e pediu ajuda ao Senhor.
No entanto, Deus não faz aquilo que nós devemos fazer. Ele não muda o que somente nós podemos mudar.
Por isso, como resposta a seu pedido, deslocou uma das coxas de Jacó o deixando manco, assim, nunca mais poderia fugir de um problema e passaria a enfrentá-lo de frente, mudando então a sua postura; e também mudou o seu nome, deixando de se chamar Jacó (trapaceiro, mentiroso, enganador) para se chamar Israel,(aquele que luta com Deus), dando uma nova versão ao seu caráter: de covarde a corajoso.
Aí você pode pensar: então Deus mudou aquele homem?!
Não, o que Deus fez, foi dar a ele motivos para mudar, pois na verdade, a mudança já havia começado quando ele percebeu que não era como Deus queria que fosse.
Assim como Jacó, precisamos dar os nossos passos em direção a mudança e no mais, Deus nos dará direção.

domingo, 18 de setembro de 2011

Você é Conformado?

"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." (Romanos, 12:2)

A palavra conformar é o mesmo que estar de acordo com alguma coisa, resignar-se ou submeter-se a algo.
O apóstolo Paulo nos ensina, que não devemos permitir que as circunstâncias do mundo e suas práticas rotineiras, tornem-se comuns a nós, de modo que venhamos a enxergá-los como normais.
É como um sofisma - mentira dita muitas vezes assimilada como verdade.
O conceito mundano tem tomado conta da nossa mente de tal forma, que hoje aceitamos atos que há cindo anos atrás nos eram repugnantes.
São práticas tão rotineiras, tão envolventes neste século, que passamos a olhar com outros olhos.
No entanto, há uma exortação quanto a isso da parte de Deus para nós, dando-nos por condição a experimentar a vontade Dele em nossa vida.
Precisamos renovar todos os dias nossa mente na palavra, nossos conceitos nos parâmetros bíblicos, a fim de não nos deixarmos envolver com este tipo de pensamento que assola a humanidade.
Transformando assim, primeiramente o nosso entendimento, e depois as pessoas que nos rodeiam, para enfim podermos alcançar o mundo.
Como convencer alguém de algo que ela deva fazer, se nós mesmos não estamos convencidos disto?!
Como mudar a mentalidade do mundo e conscientizá-los do seu pecado, se acabamos de aceitar tudo como normal?!
Todos desejam experimentar a vontade de Deus, todos querem viver dentro de Seus propósitos, mas será que estamos prontos a cumprir com a condição por Ele imposta?!
Pense nisto, e descubra se você é uma pessoa conformada.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Segunda Chance

"Então, virou Ezequias o rosto para parede e orou ao Senhor..." (2 Reis, 20)

Todo mundo fala que gostaria de voltar ao passado e consertar o que errou.
Ter uma segunda chance para provar que poderia mudar.
De outra oportunidade para mostrar que faria diferente...
Ouvi certa vez de um pastor uma frase que tem me acompanhado - "as pessoas não mudam"- e que realmente tem sido confirmada pelo que vejo.
Quando li este texto, percebi algo que nunca havia observado.
Esta história diz respeito a um homem que foi consagrado rei de Judá.
Durante o seu reinado fez tudo o que o Senhor aprovava.
Destruiu altares idólatras, consertou o templo que estava abandonado, removeu postes sagrados da cidade e convocou o povo a um jejum como arrependimento de seus pecados.
Restabeleceu o culto a Deus, purificou o templo e reinstituiu a celebração da páscoa.
No entanto, ao ficar doente, ouviu algo de Deus que não havia feito bem durante a sua vida, e do qual Deus exigia um conserto: sua casa estava em desordem.
O motivo do choro de Ezequias não era pelo fato de que iria morrer, mas porque percebeu que não havia preparado espiritualmente seus filhos, e com a sua morte, tudo poderia voltar a ser como era.
Um homem que se preocupou em restabelecer a aliança do povo com Deus, não ensinou os filhos a adorá-Lo.
Por sua oração, Deus se comoveu e permitiu que vivesse mais 15 anos.
Durante estes anos, ele só fez piorar o que já não estava bom, e ainda concebeu Manassés, o homem que se tornaria um dos piores reis da bíblia.
Analisando esta história, vejo com clareza que não somos capazes de mudar.
Nenhuma chance no mundo nos levaria a fazer o contrário do que já fizemos, ou consertar coisas que erramos no passado.
E isso, não é palavra minha e nem invenção de história. Está na bíblia, Deus nos provando que somos quem somos, e que nenhuma chance mudaria nossos atos, nem "reencarnação".
A questão, é aceitar a vontade de Deus e obedecê-Lo incondicionalmente.
Pois se Ezequias tivesse reunido seus filhos, exortando-os a temer a Deus e aceitado a sua morte, muitos pecados de Judá e guerras teriam sido evitados, e seus netos não teriam sido mortos em sacrifícios a deuses pagãos.
Acredite, nós não podemos mudar quem somos e nem consertar aquilo que já fizemos, mas Deus pode a Seu modo, mudar a nossa sorte e transformar bênção em  maldição.
Permita que Ele faça isso sem intromissão.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Preciso deixar DEUS ser DEUS em minha vida.


Sabe quando começamos a não entender certas situações que achávamos estar toda esclarecida?!
Quando olhamos ao redor e não conseguimos enxergar mais com a clareza de antes, quando o horizonte se mostra tão longe que o calor ofusca sua finidade?!
Foi neste exato momento que ouvi a frase citada acima e percebi que Deus não era Deus em minha vida.
É muito fácil cantar e dizer palavras de adoração  para as pessoas vêem, mas será que realmente expressamos com sinceridade? Que vivemos o que temos aparentado?
Sou analítica compulsiva.
Meu mal é pensar demais em tudo, e não pude evitar de analisar cada palavra desta frase e admitir que tenho colocado no trono do meu coração deuses que tem tomado o lugar de Deus em minha vida.
É um sonho, um medo, uma esperança, uma bênção, pessoas, ideais, comportamentos...
Coisas estão ocupando mais espaço do que deviam dentro de mim, estão sendo endeusadas e alimentadas a continuar no lugar que ocupam.
Por estarem ali, comandam meus pensamentos e meu tempo, furtando de Deus aquilo que Lhe é de direito.
Desta forma, impeço que Deus cumpra o Seu propósito em mim, pois estou focada num alvo oposto àquele que Ele tem traçado pra mim.
Minimizo Seu poder e Sua soberania em minha vida, quando deixo de crer Nele e passo a agir da minha maneira, confiando no meu coração.
E estando assentado neste trono deuses que não podem fazer nada, logo, sou aniquilada pelas circunstâncias que me envolvem, privando Deus até mesmo de me ajudar.
Mas quando reconheço este meu erro e dou o trono para o verdadeiro Deus, tudo se transforma e logo as escamas dos meus olhos são retiradas e passo a acreditar que Nele tudo posso, pois entrego não só o trono mas o cetro de minha vida em Suas mãos, e Ele tudo passa a comandar.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog