sábado, 19 de janeiro de 2013

Por que eu sou tão diferente?!


Sempre percebi que me diferenciava das demais pessoas.
Meu modo de pensar, agir, até mesmo de falar, revelava-me a dimensidade de um eu que não cabia em algumas rodas.
Coisas como:
Por que eu tenho que aprender falar inglês para visitar os EUA, e eles não precisam aprender português para vir aqui no Brasil?
Por que tenho que esconder o que sinto por algumas pessoas por medo delas me magoarem?
Por que não posso ser sempre honesta em minhas opiniões?
Por que todo mundo tem que sorrir para aparentar estar bem quando não estão?
Por que eu não posso falar de minhas fraquezas e questionamentos, sem surpreender àqueles que me julgam fortes?
Por que perguntam a minha opinião, quando na verdade, não estão nem aí para ela?
Por que tenho que sorrir quando estou triste e me mostrar triste em situações onde não estou?
Por que preciso ser como os outros, se demorei tanto para ser quem eu sou?
Por que preciso me conformar com algumas situações?
Por que não posso falar a verdade sempre?
Por que pessoas erradas são tidas como certas e vice-versa?
Por que estou escrevendo isso, quando sei que não fará a menor diferença?
Por que você está gastando estes minutos, lendo perguntas que você nem tem coragem de fazer a si mesma(o)?
Por que estou preocupada com isso?
Sabe de uma coisa.... eu não estou.
Minhas diferenças não fazem a menor diferença em seu conceito a meu respeito!
Ou fazem?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog