sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Quanto mais santo, mais humanificado...

Fala a verdade...
Você leu esta frase e levou um susto, achou uma heresia, escandalizou-se?!
Pois é.
Tenho aprendido a diferença entre santificação e beatificação.
Ser santo, ao contrário do que alguns dizem, não é ser separado, mas é estar no mesmo contexto sem usar nenhum pretexto pra fazer o que todos fazem.
Em suma, é estar junto sem fazer parte; ser igual mantendo uma diferença; participar sem ser conivente; é estar no mesmo recipiente que o óleo, mas se manter puro como a água.
Ser beatificado é o que muitos andam querendo ser por aí...
Sabe como?!
Aparentando ser quem na verdade não é; mantendo-se num pedestal, olhando todos de cima; achando-se melhor que os outros; julgando-se mais santo que Jesus.
O maior exemplo de santidade na bíblia é Jesus, no entanto, ele participava de festas sem acepção, andava, comia e mantinha amizades com todos em sua época, menos com os religiosos.
Será por quê?
Porque ele não era hipócrita.
Será que só neste pequeno exemplo você já pode se identificar como santo ou beatificado?!

Um comentário:

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog