quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Você é conformado?

"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos, 12:2)

Paulo nos dá um conselho muito sábio e eficaz.
"Não se conforme."
Mas não me conformar com o quê?
A sociedade hoje transformou os padrões morais em caretas, inacessíveis e sem vantagem alguma.
O certo hoje é: levar vantagem, ganhar por conta, fazer merecer, pisar para conseguir, derrubar pra ficar de pé, fazer conchavos, aceitar propinas, compactuar com o erro e encobrir o feio para que ele se pareça bonito.
É mais fácil a gente fazer de conta que não viu que fazer cara feia pro errado, afinal, isso traz antipatia, traz inimizades, mostra-me um quadrado,...Vão me dizer:
Em que época você vive cara?
Ah! Eu não quero ser taxado de santinho.
Bom... Mas este é um requisito para se conhecer a vontade do Pai. Aliás, não só conhecer, mas experimentar.
Quando não aceitamos os padrões do mundo e declaramos os padrões de Deus, estamos renovando em nosso coração a necessidade de agradar ao Pai, e não aos homens. E mais, fazendo assim, transformamos as circunstãncias que nos rodeiam e passamos a ter situações a nosso favor.
Como assim?
Seu patrão jamais lhe oferecerá propina pra mentir, se ele sabe que você é aliado da verdade. Ele jamais lhe oferecerá algo que tenha a vantagem por base, se você deixar claro que não aceita o lugar que pertence ao seu amigo.
É claro que não é nada fácil viver assim, mas pense na recompensa: "Experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus."
E aí? Você vai continuar sendo conformado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog