quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Transcendência


“Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.” (1 Timóteo, 4: 12)

Esta palavra foi escrita pelo apóstolo Paulo quando este discipulava Timóteo para o seu ministério.
Ele era apenas um jovem com o desejo ardente de servir a Deus, e naquela época, poucos se importavam com os jovens, pois nada poderiam ensinar por terem poucas experiências de vida e por ser costume dos orientais dá valor aos anciãos na hora do ensinamento.
Porém, Deus usa Paulo para animá-lo  e salientar que sua pouca idade não seria empecilho para o que Ele queria fazer através de sua vida.
No entanto, deu-lhe parâmetros a serem seguidos a fim de que essa verdade lhe fosse assegurada:
”...torna-te padrão dos fiéis...”
Por que não do mundo? 
Você já parou para pensar nisso?
Deus enfoca que ele deveria ser exemplo entre os fiéis, entre as pessoas que já praticavam a verdade e que já conheciam Cristo.
Isso nos mostra o quanto Deus estava exigindo dele, afinal, ser luz em trevas não é tão difícil assim, qualquer fósforo aceso faz a diferença... Mas Deus queria mais, queria que os fiéis da época olhassem para ele e vissem mais que um jovem convertido, vissem um jovem aprimorado na palavra e comprometido com ela.
Alguém que pudesse ser-lhes de exemplo apesar da pouca idade.
Alguém que sobressaísse, fizesse além do esperado, mais: um exemplo entre os exemplos.
Se aplicarmos  estas palavras em nossa vida hoje, podemos salientar a importância que Deus dá em sermos além daqueles que nos rodeiam.
E é aí que quero chegar.
Num mundo onde exemplos são escassos, principalmente entre os fiéis, Deus requer mais que um bom comportamento, Ele exige que façamos a diferença, mostremos mudança, transformação, conversão de atos.
E  é pra isto que Paulo completa o versículo mostrando em que aspectos Deus requer esse aprimoramento: “...na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.”
Vamos cumprir esta tarefa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar este blog