sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Atos, 17:26

"De um só homem Ele criou todas as raças humanas para viverem na terra. Antes de criar os povos, Deus marcou para eles os lugares onde iriam morar e o quanto tempo ficariam lá". (NVLH)

Deus escolhe pessoas improváveis para fazer coisas que provavelmente só elas poderiam realizar, assim como também escolhe e determina em que família haveríamos de nascer, em que cidade e época da história existiríamos.
Deus é um Deus de propósitos.
Não existe coincidência, destino ou acaso. O que prevalece é a Vontade de um Deus amoroso que em tudo encontra uma forma de nos abençoar, até mesmo usando circunstâncias contrárias e que aos nossos olhos são ruins.
É certo que existe o livre arbítrio, e é por este motivo que Ele também nos deixou um manual de instrução (bíblia) para basearmos nossas vidas e nortearmos cada decisão de forma plausível à Vontade Dele. 
Mas mesmo quando não a usamos e tomamos caminhos errados, Ele nos estende a mão para nos conduzir ao caminho certo e nos leva com carinho até o ponto que Ele planejou que chegássemos.
Às vezes o processo é demorado, pois como o povo de Israel no deserto, insistimos em murmurar contra tudo o que Ele faz, retardando o querer Dele em nossa vida.
Muitas vezes Deus nos leva perto, mas uma distração nossa, faz que tudo volte a estaca zero, e Ele precisa começar o processo todinho de novo... e de novo... e de novo.
O bom de Deus é que Ele não tem pressa, é o dono do tempo, e a paciência é a sua maior qualidade. Mas o ruim, é que deixamos de desfrutar de tantas coisas maravilhosas por teimarmos em fazer a nossa vontade e do nosso jeito.
O tempo passa, mas Deus está ali. Ele não se cansa de nos esperar, de nos perdoar, de nos abraçar... 
Assim como o pai do filho pródigo, Ele nos deixa experimentar o nosso querer até que tenhamos a convicção que o querer Dele é melhor, que a vontade Dele é maior, mais abundante, mais perfeita.
É aí então, que cansados, cheios de feridas, com a alma saturada de frustrações, achando que nada mais terá jeito, nos lançamos sob o cuidado Dele achando que a única coisa que Ele poderia fazer neste momento seria trazer cura e refrigério. Mas Ele vem e surpreende.
Lava-nos com o Seu sangue, troca nossas vestes, coloca em nossos pés uma nova sandália, em nosso dedo um anel e diz:
_ Meu Filho, até hoje estive aqui a sua espera, e apesar de toda sua rebeldia, dei-lhe aquilo que você julgou ser seu por direito. Mas hoje quero limpá-lo de toda sujeira espiritual, trocar suas vestes e calçar seus pés como filho e herdeiro. Com este anel, selo o nosso compromisso e lhe entrego a minha autoridade, para lhe fazer participante de todos os meus bens e lhe exaltar neste mundo, provando que Eu Sou o que muda histórias e traz recomeços em sua vida.
Seja bem vindo!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog