terça-feira, 20 de setembro de 2011

Mudança de Hábito

"- O seu nome não será mais Jacó. Você lutou com Deus e com os homens e venceu; por isso o seu nome será Israel." (Gênesis, 32:28)

Há um tempo atrás houve uma programação na igreja com este tema: Tudo muda quando você muda.
Outro dia escrevi a respeito de ter uma segunda chance e mesmo assim cometer os mesmos erros.
Na verdade, percebo que as pessoas são como são, porque não querem mudar.
Mudar é 'sinônimo' de renúncia, arrependimento, humilhação, submissão e perseverança.
Ao nos relacionarmos com alguém, sempre esperamos que a outra pessoa mude em algum ponto, mas nunca nos sujeitamos a mudar uma virgula.
O texto acima fala de uma pessoa que decidiu mudar.
Jacó era conhecido pelas suas trapaças, mentiras e fugas.
Sempre conseguia o que queria, mas nunca se sujeitava às consequências de seus atos.
Na verdade, tudo o que ele mais buscou em sua vida, já lhe seria dado por cumprimento de uma promessa feita por Deus à sua mãe. Mas ele não quis esperar o tempo de Deus, e lutou com seu próprio braço conquistando tudo aquilo.
Porém, apesar da coragem em persistir em seus objetivos, não era corajoso o suficiente para enfrentar o que lhe sobrevinha por consequências de seus atos. E toda vez que algo lhe escapava do controle, ele fugia.
Num determinado ponto de sua vida,  percebeu que fugir seria uma sina cansativa e sem fim, e decidiu mudar a sua trajetória de vida.
Em sua sabedoria, percebeu que não podia fazer isso sozinho e pediu ajuda ao Senhor.
No entanto, Deus não faz aquilo que nós devemos fazer. Ele não muda o que somente nós podemos mudar.
Por isso, como resposta a seu pedido, deslocou uma das coxas de Jacó o deixando manco, assim, nunca mais poderia fugir de um problema e passaria a enfrentá-lo de frente, mudando então a sua postura; e também mudou o seu nome, deixando de se chamar Jacó (trapaceiro, mentiroso, enganador) para se chamar Israel,(aquele que luta com Deus), dando uma nova versão ao seu caráter: de covarde a corajoso.
Aí você pode pensar: então Deus mudou aquele homem?!
Não, o que Deus fez, foi dar a ele motivos para mudar, pois na verdade, a mudança já havia começado quando ele percebeu que não era como Deus queria que fosse.
Assim como Jacó, precisamos dar os nossos passos em direção a mudança e no mais, Deus nos dará direção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog