segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Um Deus que se manifesta de acordo com a sua necessidade...

De que forma você conhece Deus?
Algumas pessoas cresceram com a imagem de um homem velho, barbudo, mal-humorado, sentado num trono com um cetro na mão, à procura de alguém para condenar.
Outras, cresceram achando que Ele não existe, pois as circunstâncias não lhes revelaram a existência de um Ser Supremo.
A imagem que tive Dele, oscilou várias vezes mediante a situações e, foram se transformando até que hoje minha visão conseguisse enxergar alguém próximo daquilo que possa Sê-lo.
Na verdade, estamos condicionados a entender Deus e não conhecê-lo.
Como entendê-lo não é possível, juntamos as peças que nos são oferecidas pelo mundo, pelas pessoas e pelas circunstâncias da vida. Espalhamos na base de nossa ignorância e montamos uma figura que nos é cabível no pensamento.
Essa imagem é processada pelo coração instantaneamente, tornando-nos incapazes de assimilar o verdadeiro Ser de Deus.
Sendo clara...
Se alguém lhe apresenta Deus como um Pai, você inconscientemente se lembrará do seu pai terreno e essa lembrança muitas vezes pode desfigurar a verdadeira identidade do Paizinho...
Se outros o apresentam como um amigo, você pode se levar pelas lembranças contraditórias de maus amigos que teve, e reverter essa imagem a este Deus...
Se te apresentarem simplismente como o seu criador, você pode olhar para Ele de forma distante, e como alguém que o fez da forma que você não queria ser...
E se por uma eventualidade você conseguir conhecer este Deus através de sua própria busca, saberá que existe um Ser Supremo, criador dos céus e da terra, que se preocupa com o seu bem estar e que não está condicionado a nenhum tipo de apresentação, ou limitado a nenhum clichê que o apresente como "tal".
Conhecer a Deus implica em andar com Ele, adquirir intimidade e obter experiências próprias.
Não se surpreenda se este Deus se apresentar como alguém inusitado capaz de transformar todos os seus conceitos e transformar toda a sua vida.
Ele é um Deus individual, e se manifesta na individualidade, de formas originais e exclusiva a cada um de nós.
Na verdade, Ele é tudo aquilo que você precisa que Ele seja, suprindo cada necessidade da Tua alma e preenchendo cada lacuna vazia da sua vida.
De forma que se transforma naquilo que cada um de nós necessita: paz, alegria, segurança, resposta, ...
Este Deus não está condicionado a nenhum tipo de doutrina religiosa ou padrão ético.
Ele é Deus antes mesmo que tudo isso existisse.
Então pra que tentar explicar o inexplicável?!
Por que tentar entendê-Lo se nem ao menos entendemos a nós mesmos?!
Vivamos na motivação de conhecê-Lo como Ele quer que o conheçamos, e saberemos quem é o Deus que servimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog