sábado, 4 de junho de 2011

Fala que eu te escuto...

Fico admirada com a habilidade que temos em entender coisas erradas e ainda interpretar de forma mais variada, aquilo que outros dizem.
Às vezes percebo que isto acontece comigo.
É inconsciente, mas desastradora a consequência desse ato.
A forma que ouvimos, muitas vezes não é a forma que escutamos o que foi falado.
Há uma diferença grande em ouvir e escutar...
Quer vê só?!
Podemos participar de uma conversa, ouvir cada palavra e minutos depois, ao sermos confrontados a expor nossa opinião, não sabermos qual é o assunto.
Isso, porque nossa mente vaga enquanto nos é falado, e somos tentados a expressar somente aquilo que nos foi entendido.
Nessa questão, vão surgindo ditos  por não ditos,  e uma avalanche de mal entendidos que ocasionarão em futuras conversassões de necessárias explicações para o fruto do real entendimento.
Daí  é que surgem conflitos familiares, quebra de sociedade e fim de amizades.
Sem falar de heresias, falsas doutrinas e muita afirmação contrária a palavra de Deus.
Precisamos pedir a Deus que nos ajude a discernir o que ouvimos para poder escutar de verdade e com sabedoria aquilo que nos é falado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog