sábado, 25 de outubro de 2008

"Tome o seu filho Isaque, e sacrifica-o como holocausto a mim." (Gênesis, 22:2)

Essa passagem já me perturbou por muito tempo.
Como pode Deus pedir que um homem mate o seu próprio filho para O agradar?
Lá no início, Ele já tinha amaldiçoado Caim por ter praticado homicídio, e agora pede que Abraão faça isso?
Bom, vamos analisar a história.
Abraão recebeu uma promessa de Deus aos seus 75 anos, a promessa de ser pai de uma grande nação. Porém, sua esposa era estéril e já não eram jovens.
Bom, essa promessa demorou 25 anos para se cumprir, mas se cumpriu.
Agora imagine: Abraão com 100 anos e Sara com 99, idade impossível de se ter um filho. Mas eles tiveram.
Passado algum tempo... Abrão estava todo feliz, brincando com seu filho Isaque, ensinando-o tudo o que sabia, e de repente ele ouve uma voz: "Abraão!!!!"
Posso até imaginar a dor daquele pai quando Deus fez o Seu pedido.
Deve ter sido uma flexada certeira em seu coração.
Um dor inigualável, um sentimento inexplicável e uma interrogação infinita.
Porém, assim como Deus o deu, Abraão tinha consciência de que Ele sabia o que estava fazendo, ainda que não entendesse.
Bom... o final da história você já conhece.
Mas o que eu quero salientar aqui é o seguinte.
Certamente Deus tem feito promessas a você, tantas quantas tem feito a mim.
Mas vamos supor que em dado momento, aquilo que você sabe que foi Deus quem lhe prometeu e lhe deu, é pedido por Ele como prova de sua obediência.
O que você faria?
Não é nada fácil ser testado por Deus.
Ainda mais, ter que abrir mão daquilo que foi Ele mesmo quem plantou em nosso coração.
Imagine Ele lhe dizendo assim:
"Filho, sabe aquele ministério que eu lhe prometi? Pois é, entregue-o a Mim. Fique no banco."
"Filha, sabe aquele casamento que lhe prometi? Pois é, esqueça-o, quero você integralmente em Minha obra, como Minha noiva apenas."
Difícil, né?
Mas quero alegrar o seu coração com algo que Deus mesmo ministrou ao meu;
Deus de maneira alguma trará confusão a sua mente.
Se ele vier lhe pedir isso, será simplismente por um motivo: Para que você saiba que Ele é Deus, e que acima das bênçãos que Ele lhe dá e acima de cada promessa que fez, Ele é soberano em sua vida, e quer ocupar com exclusividade este espaço em sua vida, sem ter que disputar com: ministério, família, sonhos ou sua própria vontade.
Deus quer que você entenda que somente Ele sabe o que é melhor pra sua vida, e que um teste de confiança bem sucedido, dará a você muito mais do que possa imaginar.
Confie no Senhor...
Ele jamais decepcionará o seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog