sábado, 23 de agosto de 2008

Êxodo,14:21

“...o Senhor... toda aquela noite, fez retirar-se o mar...”

Acabei de ler esse versículo, e realmente posso dizer que é uma grande verdade.
Às vezes, passamos por noites em nossa jornada cristã, mas há noites que além de serem escuras, são longas e frias, como as noites de inverno.
Geralmente, pensamos que o dia nunca mais virá em nossa vida, tamanha a demora da aurora.
Passei por muitas experiências desse tipo em minha caminhada e hoje, passando por uma noite longa de inverno, vejo que é nessa intempérie que o agir do Pai é fiel.
É claro que não enxergamos esse agir, pois a escuridão da noite nos impede. Mas uma coisa é certa, enquanto estamos estagnados numa posição, sem poder andar para a direita ou para a esquerda, é que Deus está trabalhando, movendo os obstáculos a nossa frente.
É quando estamos sem saída.
A noite é escura demais para enxergarmos outro caminho.
Inimigos a nossa espreita pra nos destruir e, a nossa frente um mar do tamanho do Vermelho.
É exatamente nesse momento que o Senhor usa a noite para cegar os olhos dos nossos adversários.
Ele abre o mar a nossa frente e manda que atravessemos. A escuridão não nos permite olhar ao redor, e por isso não tememos os muros do impossível sobre nós, e ao chegarmos do outro lado, o dia renasce, o milagre chega e a promessa se torna real em nossa vida.
Enquanto estamos na escuridão, não temos noção do quanto Deus está trabalhando a nosso favor.
Mas basta clarear o dia, que passamos a enxergar e a entender o porquê da noite ter se demorado tanto.
Era preciso tempo para agir.
Todo aquele mar precisava ser levantado em muros, e uma estrada seca se formar para que pudéssemos atravessar com segurança.
E os inimigos?
Alguns ficaram pra trás, outros, por insistirem, morreram tentando nos seguir num caminho que era só nosso.
Realmente a noite dura o tempo suficiente para o agir de Deus.
Acredite.



Meire Raposo – 04/06/08 – 12:00 hs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog