terça-feira, 29 de abril de 2008

MINHA VIDA

Tem dia que eu paro pra pensar e não consigo entender certas coisas.
Ainda que eu reflita, analise, questione, nada responde as dúvidas que tenho dentro de mim.
É tão difícil aceitar determinadas coisas em nossa vida, ainda que sejam consequências de decisões feitas por nós mesmos.
Tento achar a resposta, procuro uma saída, tento maquiar o problema pra que ele se pareça menor, mas é impossível.
E o pior é que o tempo vai passando, e com ele vou perdendo um pouco da minha vitalidade, vou perdendo entusiasmo, vou perdendo minhas forças.
Sem querer, percebo que minhas convicções foram mudadas, que aquilo que pra mim era a coisa mais importante foi perdendo o sentido e que já me dedico muito mais às pessoas ao meu redor que aos meus próprios objetivos.
Tem hora que me bate uma tristeza, uma angústia, um medo de nunca saber o que seria se as coisas fossem diferentes?!
Estranho, né?
Mas isso me aflige.
Sabe como é, olhar para traz e ver tantas coisas que eu gostaria de ter feito e não fiz, experimentado e não experimentei, conhecido e não conheci,...
Será que eu ainda terei tempo de sentir o gosto de uma vida diferente aqui na terra?
Será, Senhor, que eu ainda terei outra chance de fazer novas escolhas e ser feliz nelas?
Preciso tanto de uma resposta!!!
Escuta Senhor, o clamor da minha alma, e me perdoe por não ter dado ouvido a Sua voz antes. Tudo poderia ser tão diferente hoje!!!
Cuida de mim, Senhor.

terça-feira, 8 de abril de 2008

"...ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte..."

É tão difícil entender o porquê de passarmos por momentos de solidão, vazio e deserto espiritual.
Geralmente, quando estamos num deserto, estamos desprovidos de água, alimento e também de vestimentas.
No deserto, vive-se do que tem, e não se tem muito.
Mas o tremendo dessa história, é que quando estamos atravessando um deserto espiritual, não estamos sozinhos...temos Deus ao nosso lado. Não padecemos de fome, pois Ele mesmo envia o maná dos céus para nos alimentar todos os dias, não ficamos com sede, pois até da pedra Ele faz brotar água pura e fresca.
O deserto é lugar de milagres.
É onde vemos o impossível acontecer.
Onde desfrutamos dos cuidados do Pai intensamente.
Onde somos capacitados, experimentados, ensinados, lapidados,...
É lá que aprendemos a confiar mais em Deus.
E pode ter certeza de uma coisa: Depois que passamos por um deserto, nunca mais somos os mesmos, pois os cuidados do Pai e os milagres presenciados, tornan-nos outra pessoa.
Loading...

Pesquisar este blog